Municípios da ADR de Ibirama receberam R$ 16,7 milhões através do Fundam

02 Dezembro 2016 19:10:56

Os nove municípios que compõem a 14ª Agência de Desenvolvimento Regional de Ibirama já receberam cerca de R$ 16,7 milhões através do Fundo de Apoio aos Municípios (Fundam). O recurso foi fundamental para realizar obras importantes num período em que as prefeituras enfrentam dificuldades financeiras por causa da queda na arrecadação.

Desse total a cidade sede da ADR, recebeu a maior fatia, cerca de R$ 4 milhões. O dinheiro foi utilizado na construção de uma passarela na ponte Ivo Silveira, no Distrito de Dalbérgia, construção de três pontes na localidade Rafael, três pontes na localidade Sellin e mais duas pontes na localidade Ribeirão das Pedras. Os convênios possibilitaram ainda a pavimentação de 15 ruas no Loteamento Luizinho, Loteamento Belenzinho, no Bairro Operário, na Vila Panorama e no Distrito de Dalbérgia.

Para o prefeito de Ibirama, Francisco Asbreno Lohn, o Fundam foi essencial aos municípios porque possibilitou a realização de obras importantes que não sairiam do papel por falta de recursos. “Hoje se não fossem os recursos externos, especialmente o Fundam, a nossa capacidade de investimento é praticamente zero. Os recursos próprios já são quase insuficientes para fazer o custeio e manutenção da máquina pública.”

Depois de Ibirama as outras cidades a receberem mais recursos foram Presidente Getúlio com um convênio de R$2.100.000,00 e Apiúna com R$2.055.000,00. Presidente Nereu recebeu R$ 1.900.000,00, Lontras R$ 1.700.000,00, Vitor Meireles R$1.500.000,00, Witmarsum R$ 1.300.000,00, José Boiteux R$ 1.250.000,00 e Dona Emma com R$ 1.000.000,00.

O secretário da 14ª ADR, José Adálcio Krieger, destaca que o mais importante  em relação  a quantia expressiva de R$ 16,7 milhões investida na região é que ela veio a Fundo Perdido. “Sem contrapartida da prefeitura e isso significou muito para o desenvolvimento dos municípios de nossa região. Aqui a grande maioria desses recursos foi aplicada em pavimentações que são uma necessidade nas pequenas cidades.”

Expectativa para 2017

O secretário revela ainda que em conversa com deputados, equipe econômica do Governo do Estado e o próprio governador eles já sinalizaram positivamente para a liberação de mais uma parcela do Fundam em 2017. “Estamos com essa expectativa, principalmente os municípios que enfrentam dificuldades por causa da baixa arrecadação. Outro aspecto importante é que o Fundam beneficia todas as cidades catarinenses, independente de siglas partidárias.”, finalizou.

3192718256.png
3729519686.jpg
Capturar.PNG

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados | Jornal O Riossulense